Workshop de Pedagogia do Jiu-Jitsu discute o treinamento feminino na modalidade

Luciana Neder e Cleiber Maia foram os mediadores do evento, no Rio de Janeiro.

No último sábado (19/1) a SJJSAF (Sport Jiu Jitsu South American Federation) realizou no Alto da Boa Vista (RJ) o primeiro Workshop de Pedagogia do Jiu-Jitsu em 2019, com foco no jiu-jitsu feminino. Cerca de 70, pessoas, sendo quase 20 mulheres, se reuniram para trocar experiências, aprender metodologias e compartilhar histórias. O evento foi mediado pela faixa preta da Carlson Gracie, Luciana Neder, que foi a primeira mulher a dar aula nos Emirados Árabes, em 2008, e pelo presidente da SJJSAF, Cleiber Maia.
- Foi sem dúvida alguma um dos melhores workshops que realizamos até hoje. Temos que agradecer muito à Lu (Neder) pelo ensinamentos que tivemos e por ela abraçar com tanto carinho a causa do jiu-jitsu feminino. Temos muito orgulho de tê-la ao lado da SJJSAF - disse Cleiber.
No início do encontro, Luciana contou a experiência que teve como professora nos Emirados Árabes. Além do desafio de ensinar jiu-jitsu fora do Brasil, ela teve que superar o preconceito sofrido pela mulheres.
- Foi muito difícil, principalmente no início. Eu era ignorada, não só como mulher, mas como faixa preta. Trabalhava como os homens, mas não era recompensada igual. Os alunos cumprimentavam os professores homens e nem olhavam pra minha cara. Aquilo me deixou revoltada. Eu podia aceitar, ou me impor. Escolhi o segundo caminho e fui falar com o coronel responsável, que me deu razão. A partir daí, as coisas mudaram um pouco - falou Luciana.
Na parte prática do Workshop, Luciana passou para os atletas conceitos de fisiologia e biomecânica e falou sobre individualidades que devem ser levadas em conta no treinamento para mulheres, como por exemplo o ciclo menstrual e o centro de gravidade.
O próximo Workshop de Pedagogia do Jiu-Jitsu já tem data marcada e acontecerá nos dias 2 e 3 de fevereiro, em Aparecida de Goiânia (GO) e Brasília (DF) respectivamente.
TOP