Atletas dão show de jiu-jitsu no Sul-Americano Open 2018, em São Paulo

Sul-Americano Open 2018

No último fim de semana, São Paulo recebeu pela primeira vez um evento da SJJSAF (Sport Jiu Jitsu International Federation). O campeonato lotou o ginásio Geodésico, na cidade de Osasco, e reuniu diversos atletas de ponta, entre eles o faixa preta Charles do Bronxs, o maior finalizador da história do UFC, que sagrou-se campeão na categoria e no absoluto.

Como de costume em todos os eventos da SJJSAF, as lutas de jiu-jitsu adaptado roubaram a cena e deixaram o público encantados pela alegria e força de vontade dos atletas.

Outro ponto alto da competição foi o Desafio Kids, que reuniu atletas de várias partes do país. O alto nível técnico e o nível de competitividade das crianças chamou a atenção de todos que acompanharam os combates. Já as crianças que ainda estão começando na arte suave, puderam participar do Festival, sob o comando do professor Marcos Barbosa.

Ao final, o presidente da SJJSAF, Cleiber Maia, ressaltou a importância da realização desse evento em São Paulo.

- Era um desejo antigo fazer um campeonato em São Paulo. Os atletas, professora e líderes de equipe me cobravam isso com frequência. Estamos com a sensação de dever cumprido. O público deu um exemplo de educação e comprometimento com as causas da Federação. E os atletas apresentaram um jiu-jítsu de nível excepcional. Foi realmente incrível e esperamos ampliar o atendimento em São Paulo em 2019 - falou Cleiber.

Na disputa por equipes, acima de 16 anos, a grande campeã foi a PSLPB Cicero Costha, seguida pela Ryan Gracie Team (2º) e a Zenith (3º). Já no infantil, o título ficou com a equipe Shark Man Josue Tubarão. A GFTeam foi a 2ª colocada e a Alliance, 3ª.

TOP